O que visitar em Peniche Portugal

Visitar as Berlengas implicará naturalmente uma passagem pela pequena cidade de Peniche, com cerca de 28 mil habitantes, rodeada pelo mar que marcou o seu nascimento e crescimento.

Para além da localidade existem nas imediações locais que não deixarão de interessar o viajante, como o Cabo Carvoeiro e as famosas praias em Peniche proporcionam umas excelentes férias para quem procura o Sol.

Peniche e as Berlengas encontram-se na chamada Região Oeste, uma área de definição discutível que se encontra na zona litoral a norte de Lisboa. É uma zona profundamente marcada pelo oceano Atlântico, com bonitas praias e uma actividade agrícola e piscatória muito dinâmica.

Peniche é a porta de entrada no arquipélago das Berlengas e o oceano domina a cidade em todas as vertentes.

A história de Peniche está marcada por episódios curiosos:

  1. Sofreu inúmeros ataques de piratas ao longo dos séculos
  2. Foi local de abrigo para refugiados da Guerra dos Bóeres, no início do século XX,
  3. Chegou a ser ocupada por tropas invasoras.
  4. Foram aqui mantidos prisioneiros alemães e austro-húngaros capturados durante a Primeira Guerra Mundial.
O que visitar em Peniche Portugal

Peniche Top 4


1- A Fortaleza de Peniche e o Museu Municipal

Fortaleza de Peniche e Museu Municipal

2- O Cabo Carvoeiro e a Varanda De Pilatos

Cabo Carvoeiro e Varanda De Pilatos

3- O Convento da Nossa Senhora dos Remédios

Nossa Senhora dos Remédios

4- As Praias


Peniche visto de cima



Mapa com locais para visitar


Se procura uma curta viagem a partir de Lisboa, Peniche é uma óptima opção. Existem alguns locais realmente agradáveis na cidade, onde pode experimentar um estilo de vida lento e relaxado. As paisagens à volta de Peniche são incríveis, a comida é deliciosa e a um preço acessível. Não se vai arrepender de visitar Peniche. Neste mapa listamos todos os locais de interesse em Peniche.


Tours desde Peniche


Pode reservar online para facilitar a sua viagem às Berlengas.


O que visitar em Peniche


Peniche é uma pequena cidade localizada a cerca de uma hora de carro de Lisboa. É famosa por suas praias, seu estilo de vida descontraído e as Berlengas – um grupo de pequenas ilhas.

Peniche é o paraíso dos surfistas e um óptimo lugar para relaxar e fugir dos centros urbanos. A realidade à volta de Peniche é muito tranquila e o tempo “anda mais devagar”.

Passar férias em Peniche é a escolha correcta para quem busca um lugar muito bonito, Natureza, praia e um ambiente relaxado com pessoas simpáticas.


Fortaleza de Peniche


Fortaleza de Peniche

A Fortaleza de Peniche foi originalmente construída em 1557, por ordem de D. João III, que procurava assim dotar o porto de Peniche de defesas efectivas e manter a área ao abrigo dos frequentes ataques de piratas  e corsários.

A sua planta em forma de estrela correspondia na altura aos últimos avanços na área da arquitectura militar, oferecendo-lhe uma estrutura adequada à defesa de ataques de artilharia.


Curiosidades da Fortaleza de Peniche


Em que ano foi construída a Fortaleza de Peniche?

A Fortaleza de Peniche começou a ser construída em 1557 pela ordem de D. João III de Portugal. Manteve-se em funções enquanto bastião de defesa costeira até finais do século XIX, tendo tido um papel activo no decorrer da Guerra Peninsular (invasões napoleónicas).

Qual o outro nome da Fortaleza de Peniche?

A Fortaleza de Peniche é também conhecida por Praça-forte de Peniche, que é o nome mais adequado a este edifício.

A Fortaleza de Peniche é monumento nacional?

Sim, a Praça-forte de Peniche é monumento nacional desde o ano de 1938.

Onde fica a Fortaleza de Peniche?

A Fortaleza de Peniche fica na na encosta sul da Península de Peniche, entre a a Gruta da Furninha e o porto de pesca da cidade.

O que há na Fortaleza de Peniche?

Actualmente há dois museus dentro da Fortaleza de Peniche: o Museu da Resistência e o o Museu da Cidade. Desde a sua desactivação enquanto estrutura militar, foi transformada em prisão, com especial destaque para o período do Estado Novo, quando albergou prisioneiros políticos.


Galeria de fotos

Fotografias da Fortaleza de Peniche em Portugal.



Mapa



Cabo Carvoeiro em Peniche


Cabo Carvoeiro em Peniche
Cabo Carvoeiro em Peniche

O Cabo Carvoeiro, a extremidade mais ocidental da Europa a norte do Cabo da Roca, encontra-se a apenas dois quilómetros e meio do centro de Peniche, podendo portanto caminhar-se facilmente até lá.

Desde que há memória o Cabo Carvoeiro representou  uma ameaça para a navegação, existindo inúmeros casos de navios que se terão despedaçado contra as suas paredes verticais.

Como em tantos outros lugares, existem lendas sombrias que falam de homens que aqui se dedicavam à sinalização contraditória que causava naufrágios que depois eram metodicamente saqueados pelos seus causadores.

A construção do farol, em 1790, terá reduzido a sinistralidade, mas o Carvoeiro terá sempre um papel de destaque na História Trágico-Marítima.

Hoje em dia é um local muito procurado pelos visitantes, que se deslocam ao topo deste promontório, que se eleva a uns 25 metros acima do nível do mar, de onde se pode apreciar o espectacular pôr-do-sol. Os apreciadores de geologia ficarão fascinados com as bizarras formações cársticas que se encontram neste cabo, onde se distingue também a Gruta da Furninha, onde foram encontrados vestígios de ocupação humana na Pré-História.


Museu Municipal de Peniche


Museu Municipal de Peniche
Museu Municipal de Peniche

O Museu Municipal de Peniche é deveras multi-facetado.

Encontra-se instalado na antiga Fortaleza de Peniche, sendo parte da sua colecção dedicada à própria fortaleza e aos diversos papéis que cumpriu ao longo da história, com especial destaque para o período em que foi prisão política, durante o Estado Novo.

Podem-se assim visitar as celas que naquela época foram usadas para manter opositores ao regime, que foram mantidas “ao natural”, tal como se encontravam.

A secção arqueológica exibe múltiplos artefactos, com destaque para os achados do período Neolítico que foram recolhidos na Gruta da Furninha, e para as peças recolhidas junto aos muitos naufrágios ocorridos na área de Peniche.

Existe uma componente etnográfica, com natural destaque para a actividade piscatória e as tradições, usos e costumes que lhe estão associadas.


Igreja da Misericórdia em Peniche


Igreja da Misericordia Peniche
Igreja da Misericórdia em Peniche

Esta igreja é propriedade da  Santa Casa da Misericórdia de Peniche e foi construída no século XVII, encontrando-se anexa ao antigo complexo hospitalar gerido por aquela instituição.

O seu interior é especialmente bonito, destacando-se os painéis de azulejos, originais, criados aquando da construção do templo, assim como as pinturas a óleos, algumas em telas de grandes dimensões, e os motivos decorativos que se encontram no tecto.

Estes ilustram cenas da vida de Cristo e criados conjuntamente pelos artistas Pedro Peixoto, António Rodrigues Raieta, António da Costa e Oliveira e Baltazar Gomes Figueira.

Uma nota especial para as cinco telas da pintora Josefa de Óbidos que se encontram nesta igreja.


Igreja de São Leonardo em Peniche


Igreja de São Leonardo em Peniche
Igreja de São Leonardo em Peniche

Esta igreja transpira história. Encontra-se na aldeia de Atouguia da Baleia, que na Idade Média era o principal porto de mar da região, mas a igreja é um brilhante testemunho desses tempos de idas glórias.

Foi construída no século XIII, em puro estilo Gótico, tendo sido local de sepultura das mais poderosas famílias da nobreza daquela área.

No seu interior pode-se ver um raro baixo-relevo datado do século XIV e uma pintura Renascentista de São Leonardo.


Museu e Escola da Renda de Bilros em Peniche


Museu e Escola da Renda de Bilros em Peniche
Museu e Escola da Renda de Bilros em Peniche

O Museu da Renda de Bilros foi inaugurado em 2016. Tem uma pequena mas bem organizada exposição, cuja visita é preparada através de um pequeno filme documental de cerca de quatro minutos.

Note-se que a renda de Bilros incorpora uma técnica de produção têxtil que é praticada por estas paragens há cerca de 400 anos.

Apesar das dificuldades trazidas pelos modernos processos de produção a renda de Bilros tem sobrevivido, existindo uma escola patrocinada pela autarquia de Peniche.

Foi em 1987que foi formada a Escola da Renda de Bilros, que actualmente reúne cerca de cem mestres de renda que trabalham para passar o seu saber as novas gerações, parecendo garantida a preservação desta arte centenária.


Porto de Pesca de Peniche


Porto de Pesca de Peniche
Porto de Pesca de Peniche

A essência de Peniche encontra-se aqui. Antes da chegada dos turistas e da descoberta das ondas de Peniche por parte da comunidade internacional de surfistas, a pesca era a rainha incontestável.

Apesar da sua visibilidade e importância se ter reduzido, Peniche é ainda uma cidade piscatória e a faina do mar pode ser observada no porto de pesca.

Em seu redor encontram-se cafés e restaurantes, alguns deles bastante locais, que oferecem um ambiente bastante castiço. Se olhar em redor poderá ver traços das antigas muralhas da cidadela, no topo das quais foram entretanto plantadas palmeiras.


Igreja de São Pedro em Peniche


Igreja de São Pedro em Peniche
Igreja de São Pedro em Peniche

Porventura o templo católico mais relevante de Peniche, a igreja de São Pedro foi originalmente erigida no século XV, mas terá sido completamente renovada no decorrer dos séculos XVII e XVIII.

Distingue-se a arte que se pode ver na sua chancela, com temas dedicados a São Pedro. É o caso das pinturas do século XVIII que representam momentos importantes da vida do santo, como Quo Vadis ou a miraculosa apanha do peixe, um tema especialmente adequado ao contexto de Peniche.


O que visitar na Região


Para além dos pontos de interesse na cidade de Peniche e nas suas imediações, o viajante que aqui passar alguns duas poderá visitar alguns locais da região, especialmente se estiver dotado de viatura própria.

Na realidade, Peniche encontra-se numa região muito rica em termos de atracções, destacando-se desde logo a cidade medieval de Óbidos, com o seu castelo, as suas pitorescas ruas e o ambiente de outros tempos. Considerando as opções a menos de uma hora de carro a lista de locais a visitar agiganta-se. Há tantas possibilidades, tantas bonitas povoações, que se torna impossível oferecer aqui uma lista completa.

  1. Na Lourinhã há um excelente parque de dinossauros, onde se podem ver claramente pegadas gravadas na rocha destes enormes animais do passado.
  2. A bonita praia de São Martinho do Porto encontra-se muito próximo, mas se preferir o ambiente de montanha deverá subir até ao topo da serra de Montejunto e apreciar as belas vistas que dali se usufruem.
  3. O Mosteiro de Alcobaça, Património Mundial da Humanidade da UNESCO, pode ser facilmente alcançado, assim como o Mosteiro da Batalha, que goza de igual distinção, e que se localiza apenas um pouco mais distante.
  4. As Caldas da Rainha ficam muito próximo e poderá querer visitar o centro histórico de Torres Vedras, de Rio Maior e até de Santarém.
  5. A Foz do Arelho encontra-se imediatamente a norte de Peniche, e prosseguindo nessa direcção chegará à Nazaré onde, se tiver sorte, poderá ver as ondas gigantes que proporcionaram ao norte-americano Garrett McNamara um recorde do mundo ao surfar ali a onda mais alta de sempre, com cerca de 24 metros, marca essa entretanto ultrapassada por outros surfistas.

Perguntas frequentes


Onde fica Peniche em Portugal?

Peniche fica no litoral do distrito de Leiria na região central de Portugal. Peniche é perto de Lisboa, ficando a 100 km de distância, e a 262 km do Porto. Igualmente, Peniche é perto de Coimbra, ficando a 157 km de distância.

Peniche ocupa hoje a posição central de um istmo, mas acredita-se que até ao século XVII existisse ali uma ilha, que começou lentamente a ser ligada ao território continental por uma língua de areia. Esta ficava submersa durante a maré-alta mas permitia a passagem durante a maré-baixa.

Localizada no Cabo Carvoeiro, com as suas típicas igrejas brancas, Peniche atrai imensos turistas durante o ano inteiro.Passear pelo centro histórico de Peniche transporta-nos pela sua história em que o tempo vai andando mais devagar à medida que visitamos esta bela cidade portuguesa.

Onde dormir em Peniche?

Há muita escolha de alojamento em Peniche. Desde hotéis de 5 estrelas a pensões mais simples. Há ainda uma grande variedade de guest houses e hostels. Consulte a página sobre hotéis em Peniche.

Como ir de Peniche às Berlengas?

Peniche é a cidade base para se apanhar o barco para o arquipélago das Berlengas. Como ir de Peniche para as Berlengas é muito fácil, basta ir até ao porto de embarque com o seu bilhete e esperar que a sua embarcação chegue.

Como ir a Peniche de Lisboa?

Como ir para Peniche de Lisboa pode ser feito com carro próprio pela A8 (100km de distância). Pode ainda apanhar um autocarro que é sem dúvida a maneira mais barata de chegar a Peniche. Existem autocarros regulares que circulam entre Lisboa e Peniche durante todo o dia. A Rede Expressos / Renex parte do terminal de Sete Rios (linha azul do metro). A viagem entre Lisboa e Peniche demora cerca de 1 hora e 30 minutos. Consulte a página sobre como chegar a Peniche.

Porque se chama Peniche?

O significado do nome Peniche parece originar da palavra céltica “pen” que significa “cabeço”, que por sua vez influenciou a palavra “pinniscula” em latim vulgar. Há pessoas que dizem que a origem do nome “Peniche” venha da palavra “Phoenix”. Este nome alusivo a uma antiga povoação na ilha de Creta na Grécia, cuja geografia era semelhante à ilha de Peniche que existia antigamente.

O que é Peniche?

Peniche é uma cidade costeira em Portugal continental. Peniche tem dos maiores portos de pesca tradicional em Portugal e um importante centro para actividades marítimas-turísticas especialmente para visitar as Berlengas. Peniche é uma cidade portuguesa no distrito de leiria, localizada na sub-região ocidental, na província da Estremadura, e na região Centro de Portugal. Tornou-se vila em 1609 e cidade no final do século XX.

Qual é a melhor época para visitar Peniche?

Se gosta de passar algum tempo na praia, a melhor época para visitar Peniche é nos meses de verão – de Maio a Outubro. A temperatura média é de cerca de 25 graus com quase nenhuma chuva. Durante o início do Outono e da Primavera também é boa altura. Em Novembro, pode esperar temperaturas de até 20 graus e bastante sol.



Alojamento em Peniche


Booking.com
Hotel-MH-Peniche